DM Autos

Lamborghini Aventador SVJ foi o carro mais caro vendido na pandemia

Superesportivo usado, de 770 cv, foi negociado por um valor um pouco abaixo de R$ 6 milhões.

diario da manha

Um Lamborghini Aventador SVJ 2019, com apenas 700 km rodados, foi a aquisição mais cara de um carro neste período de pandemia da Covid-19. A venda do superesportivo seminovo variou entre R$ 5 milhões e R$ 6 milhões. O negócio foi fechado pela loja Wish Motors, de São Paulo.

Revela Pietro Consolini, sócio-diretor da concessionária que o modelo foi vendido quase que na mesma hora em que foi anunciado no mercado.

O motor aspirado V12 de 6,5 litros tem 770 cv de potência e torque 73,4 mkgf. Ele acelera de 0 a 100 km/h em apenas 2,8 segundos e tem velocidade máxima de 350 km/h.

Fibra de carbono

Pela utilização de vários componentes de fibra de carbono e de outros materiais leves, o Aventador SVJ tem peso total de apenas 1.525 quilos. É o único Lamborghini com peso/potência abaixo de 2 kg: 1,98 kg/cv.

“Quando o dono deste superesportivo confirmou o preço do carro e deu sinal verde para a sua comercialização um colecionador garantiu a compra. O novo dono do Lamborghini, fã da consagrada marca italiana, precisou de menos de 1 hora para fechar o negócio”, diz Pietro.

O superesportivo vendido foi trazido por importação independente para o Brasil, onde tem apenas cinco unidades circulando. O Lamborghini vendido é fruto de um produção limitada de apenas 900 unidades.

Lamborghini Aventador SVJ: Valor exato da venda não foi revelado pela revendedora

Segundo o sócio-diretor da Wish, o negócio foi bom para os dois lados. Sem poder revelar o valor exato da compra, Pietro confirma que vendeu o carro por um pouco menos dos R$ 6 milhões.

No mesmo momento um outro Lamborghini Aventador SVJ, estava sendo anunciado em uma outra revendedora de São Paulo.

“Na realidade, como o Lamborghini da nossa loja foi importado em uma época que o dólar estava mais baixo, o preço dele ficou mais competitivo em relação a outra unidade que estava anunciada. Assim, por se tratar de um esportivo praticamente zero, com menos de 1.000 km, super exclusivo, foi uma grande oportunidade para o novo comprador”, explica Pietro.

Pietro Consolini: sócio-diretor da Wish Motors

Esportivo radical

O Lamborghini Aventador SVJ é o esportivo mais radical da marca italiana e o mais rápido de sua história. Tanto que o “J” que vem após o SV (Super Veloce), em sua sigla, foi posto porque é o mesmo da letra do artigo da FIA. Esse artigo regulamenta os carros de rua com o intuito de legitimar as versões de corrida.

O Aventador vendido pela Wish Motors tem uma invejável aerodinâmica com abas frontais no centro do spoiler e avantajado aerofólio que reagem em menos de 500 milésimos de segundo. Eles trabalham com menos arrasto aerodinâmico (mais velocidade em retas) e maior downforce (mais aderência em curvas) do que os demais conjuntos aerodinâmicos de outros Lamborghini.

Recorde em Nurburgring

O Lamborghini Aventador SVJ tem tração nas quatro rodas, câmbio automatizado de sete marchas, programa Corsa de pilotagem totalmente esportiva, suspensão e freios superdimensionados.

O modelo bateu o recorde de volta de carros de rua no circuito de Nürburgring, com o tempo de 6min44s97, superando em cerca de 3 segundos a marca anterior do Porsche 911 GT2 RS.

As portas do modelo italiano são do tipo de funcionamento tesoura. Quando levantadas, quem entra no carro já nota um deslumbrante ambiente interno com doses generosas de revestimento preto de Alcantara.

Carbono e alumínio

O interior tem apliques de carbono e alumínio e um esportivo quadro de instrumentos digital e configurável, além incrível botão de partida com capa de proteção. Bancos de concha e volante superesportivos também enriquecem ainda mais o visual interno.

Todos estes detalhes fazem do Lamborghini Aventador SVJ ser um dos carros mais desejados do planeta. O modelo italiano é um dos últimos a ter motor aspirado V12, o que certamente o deixará ainda mais valorizado a cada ano.

Comentários