DM Autos

Honda CB 650R e CBR 650R 2020 ficam mais esportivas

Novidades chegam com preços de R$ 37.900 e R$ 39.500.

diario da manha
Honda CBR 650R 2020

As novas Honda CB 650R e CBR 650R 2020 já estão em pré-venda e com chegada no mercado no próximo mês de março. Mais esportivas, as duas versões do modelo têm preços sugeridos, respectivamente, de R$ 37.900 e R$ 39.500, em valores tendo como base o Estado de São Paulo.

 A Honda CB 650R estará disponível nas  Azul perolizado, Vermelho e Prata metálico. Por sua vez, a CBR 650R chegará nas Vermelha e Cinza metálico. Renovada no design e na parte técnica, a família 650 a troca de letra. Sai a “F” e entra a “R”, que indica uma linha mais esportiva.

Honda CB 650R 2020

Mais agressiva

A CB 650R segue o estilo Neo Sports Café, inaugurado pela CB 1000R, enquanto a CBR 650R se destaca pela maior agressividade. Ponto de destaque em ambas é o motor DOHC quatro cilindros em linha, cuja arquitetura é Honda CB 750 Four de 1969.

A Honda CB 650R 2020 segue o conceito trazido pela CB 1000R Neo Sports Café, que mescla design minimalista com a agressividade típica das café racer. Esse fator está explicitado pela substituição do sufixo “F” pelo “R”, letra que inspira esportividade.

CBR 650R 2020

Já a CBR 650R 2020 tem nas formas de sua carenagem uma clara identidade com a superesportiva de referência da Honda, a Fireblade. Além disso, a CBR 650R também segue o conceito “Total Control”.

Conceito Neo Sports Café

A CB 650R explora o conceito Neo Sports Café através de proporções ultra compactas. Com peso reduzido em cerca de 4 kg, a nova naked traz suspensão dianteira tipo invertido, cálipers do freio dianteiro com fixação radial e rodas ainda mais leves. A posição de pilotagem permite um posicionamento confortável de pilotar.

A iluminação Full-LED destaca o novo grupo ótico dianteiro, circular, elemento característico do estilo Neo Sports Café. O painel de instrumentos é do tipo Black out LCD e inclui indicador de marchas engatadas e luz-alerta “shift-up”, que avisa o momento ideal para troca de marchas.

CB 650R 2020

A sport-touring CBR 650R, por sua vez, tem a agressividade que se espera de uma genuína herdeira da tradição CBR. A carenagem tem como destaque a parte frontal, composta pelo novo grupo ótico duplo e tomadas de ar, elementos que evidenciam a forte esportividade do modelo.

O novo banco em dois níveis, a rabeta essencial e os semi-guidões fixados sob a mesa superior, são outros detalhes que deixam clara a intenção de ampliar as capacidades esportivas do modelo. Iluminação Full-LED, painel Black out, indicador de marchas também estão presentes na CBR 650R, assim como a inédita suspensão invertida, a frenagem com cálipers radiais e as rodas aliviadas.

Honda CB 650R e CBR 650R têm em comum mesmo motor e chassi

As duas versões têm em comum motor e chassi. O tetracilindro DOHC arrefecido a líquido é dotado de câmbio de seis marchas com embreagem assistida, deslizante e sistema HSTC – Honda Selectable Torque Control.

CBR 650R

O chassi tubular de aço segue a arquitetura tipo Diamond, com a zona da fixação do eixo da balança realizada em aço estampado e não mais em aço forjado. A mudança resultou em uma economia de peso de 1,9 kg se comparado com o chassi da “F.

A atualização técnica do motor que equipa a CB 650R e CBR 650R teve por objetivo oferecer desempenho mais esportivo aos modelos. Deste modo, o tetracilíndro DOHC de 16 válvulas e exatos 649 cm3 recebeu alterações que visaram aumentar a entrega de potência em médias rotações. A potência máxima é de 88,4 cv à 11.500 rpm o torque é de 6,13 kgm.f a 8.000 rpm.

Sistema de admissão

O sistema de admissão de ar da CB 650R é composto por duas tomadas de ar situadas ao lado do tanque. Na CBR 650R, as tomadas de ar – também duplas – estão situadas na parte frontal da carenagem. Em ambas, a caixa do filtro de ar foi modificada em relação às “F”.

Outra modificação relevante é a majoração dos coletores de escape, cujos tubos passaram de 35 para 38,1 mm de diâmetro. O intuito de atender os maiores níveis de potência e rotação máxima. A embreagem agora é do tipo deslizante, o que previne repentinas perdas de aderência da roda traseira no caso de reduções de marcha extremas.

Controle de tração

O sistema de controle de tração HSTC – Honda Selectable Torque Control -, evita perdas de aderência do pneu traseiro em situações de forte aceleração. O dispositivo proporciona tranquilidade para a pilotagem em pisos de baixa aderência. Pilotos experientes podem optar pela desativação do controle de tração através de um botão situado no punho esquerdo.

Honda CBR 650R

A frenagem também evoluiu: o sistema ABS antitravamento atua no par de discos dianteiros tipo flutuante através de cálipers de quatro pistões fixados radialmente. O disco traseiro se vale de cáliper de pinça simples. Novas também são as rodas, mais leves, com cinco raios duplos que calçam pneus de medidas 120/70-ZR17 na dianteira e 180/55-ZR17 na traseira.

Um dispositivo de segurança suplementar equipa a CB 650R e CBR 650R: trata-se do Emergency Stop Signal, que reconhece frenagens de emergência em velocidades superiores a 56 km/h e, através de sensores do módulo do ABS, aciona automaticamente o pisca-alerta.

Comentários