Cultura

Cesinha Canedo morre aos 72 anos; músico lutava contra câncer no intestino

Segundo a família do músico, a doença foi descoberta em julho deste ano. Cesinha havia passado por cirurgia no intestino e iniciou a quimioterapia, mas precisou suspender o tratamento

diario da manha

Na noite da última sexta-feira (20) o músico e compositor Cesar Canêdo Abdnur, de 72 anos, que lutava contra um câncer no instestino, morreu em Goiânia. Ele estava internado desde terça-feira (17) em um hospital particular. Cesinha Canêdo, como é mais conhecido, deixa um filho e não estava casado.

O músico trabalhou por mais de 20 anos na rádio Executiva FM, do Grupo Jaime Câmara, onde também foi diretor.

Segundo o filho do compositor Thiago Borges Abdnur, de 35 anos, a doença foi descoberta em julho deste ano. Assim que descobriu Cesinha fez uma cirurgia no intestino e iniciou a quimioterapia, porém devido complicações de saúde, precisou suspender o tratamento.

O compositor escreveu a canção “Que Será de Nós”, vencedora do Comunica-Som, em Goiânia, nos anos 1980. Cesinha costumava se apresentar em diversos palcos goianos, e já havia feito diversas apresentações no Teatro Goiânia.

Ele escrevia e interpretava música popular brasileira, e se destacava ao tocar violino. Cesinha também gostava de tocar e cantar músicas de Chico Buarque, Tom Jobim e Milton Nascimento. Mas seu maior ídolo era o músico alagoano Hermeto Pascoal, com quem esteve junto em setembro de 2014.

*Com infomações do G1.

Comentários