Cultura

Itamar Correia canta, hoje, ‘Todos Estão em Nós’, 21h

Dedicado a Dom Tomás Balduíno, Frei Marcos Lacerda de Camargo e Pedro Casaldáliga

diario da manha
Foto: Divulgação

Renato Dias

O cantor e compositor de protesto, antigo cancioneiro das estradas do Brasil, Itamar Correia Viana Filho, autor de Araguaia Meu Brasil, realiza o espetáculo ‘Todos estão em Nós’, neste sábado (16), às 21h, na Igreja do Rosário, Cidade de Goiás, tombada patrimônio histórico da humanidade. Com canções em reverência aos 15 mortos e desaparecidos políticos. À época da ditadura de 1964.

– Em memória de Dom Tomás Balduíno e de Frei Marcos Lacerda de Camargo. É dedicado ainda a Dom Pedro Casaldáliga.  

Direitos Humanos

Com promessa de casa cheia, o show anunciará a retomada da luta pela recriação do Comitê Goiano Pela Anistia Ampla, Geral e Irrestrita. Mais: quer a revisão, à luz do Direito Internacional dos Direitos Humanos, da Lei de 1979, o julgamento dos responsáveis pela violação dos direitos humanos, localização e entrega dos corpos dos desaparecidos políticos a seus familiares.

– O show estava programado para o Teatro São Joaquim. 

Revogação

Despacho de autoria de Gliselda das Chagas Silveira Póvoa Coelho, a diretora responsável pela administração do Cine Teatro São Joaquim, da Cidade de Goiás, com chancela oficial, revela que a decisão de revogação da autorização “se justifica pelo o fato de que o Regulamento do Uso e Funcionamento do Cine Teatro São Joaquim foi infringido no seu artigo 2º, inciso II.” 

– Censura? [É o que questiona Itamar Correia

Comentários