Cultura

Espetáculo aborda feminismo no palco do Teatro Sesc Centro

Texto é baseado na obra de Eduardo Galeano; atriz recebeu Prêmio Shell, no Rio de Janeiro, neste ano pela sua interpretação

diario da manha
Atriz Nena Inoue em cena na peça “Para Não Morrer” - Foto: Reprodução

Idealizada a partir da obra “Mulheres” do escritor uruguaio Eduardo Galeano (1940-2015), o espetáculo “Para Não Morrer”, de Nena Inoue, chega nesta quarta-feira (29) para apresentação no Teatro Sesc Centro, em Goiânia.

O texto aborda temáticas feministas e mostra histórias de mulheres que deram sua vida pela liberdade e pela justiça. A peça recebeu o Prêmio Shell de Melhor Atriz de 2019, no Rio de Janeiro, a premiação mais importante das artes cênicas do Brasil.

A atriz paranaense, premiada também com o troféu de Melhor Atriz pelo Governo do Estado do Paraná, em 2017, relembra grandes feitos de perseverança contra a opressão imposta pelo patriarcado a partir do ponto de vista de uma narradora limitada fisicamente.

O trabalho se insere no debate atual interessado no resgate e na manutenção da memória, apresentando o Brasil em interlocução muito estreita com toda a América Latina.  

Escrito em 1997, a obra de Galeano – que conta com o estilo conciso, mas crítica do escritor – recupera a biografia de várias personagens femininas históricas cuja importância a perspectiva dominante reduziu.

É uma forma de dar voz as mulheres, que ainda hoje não vistas, não lembradas. Sejam elas negras, indígenas, guerrilheiras, mães, avós, filhas de diferentes épocas e lugares. Galeano e, por conseguinte, o espetáculo tem a pretensão de quebrar o silêncio que as silenciou.

Ao longo do livro, Galeano compartilha com o leitor a intensidade de personagens femininas marcadas pelo peso de uma causa, de uma ideologia, de um propósito. Joana d’Arc, Rosa de Luxemburgo, Eva Perón ou as Mães da Praça de Maio são algumas passam pelo texto fino do uruguaio.

Ele ainda destaca as diversas pedras que estiveram – e estão – no caminho de mulheres anônimas no dia a dia, e enfrentam diversos problemas em todas as atividades que desempenham. 

Também há destaque para aquelas que fizeram parte da chamada Comuna de Paris, no século XIX. Galeano, com delicadeza e ternura literária, entrega em cada relato (curto, poético e duro) sua maestria de narrador oral. O escritor conjurar como ninguém o esquecimento, e, como um dos maiores pensadores – quiçá o maior – da esquerda latino-americana, também para celebrar a experiência daquelas que nunca se resignam. 

“Para Não Morrer”, com a interpretação sempre impecável de Nena Inoue, levará ao público goianiense a atemporalidade da obra de Eduardo Galeano e reflexões imprescindíveis nestes tempos.

Afinal, compreender a história da mulheres é o primeiro passo para que consigamos ver como são danosos nossas atitudes enquanto homens. E “Mulheres” é importantíssimo neste sentido, bem como o talento artístico de Inoue.

 Serviço

“Para Não Morrer” no Teatro Sesc Centro

Quando: quarta-feira, dia 29 de agosto

Horário: 20h

Onde: Teatro Sesc Centro

Endereço: R. 15 – St. Central

Ingresso: R$ 23,00 a inteira

Comentários