Cidades

Duas pessoas são presas suspeitas de vender ilegalmente pássaros silvestres

Segundo o COD, a carga estaria avaliada 150.000,00 (cento e cinquenta mil reais)

diario da manha
FOTO/COD

Na madrugada quinta-feira (08), o Comando de Operações de Divisas (COD) prendeu duas pessoas, em Posse-GO, que transportavam de forma irregular, 1.000 mil pássaros silvestres de diversas espécies. Segundo o comando, a venda seria feita no mercado negro.

De acordo com a investigação, havia pássaros de diversas espécies, alguns até machucados, distribuídos em 12 gaiolas de tamanhos diferentes. Além disso, também foi encontrado fármacos (venenos) utilizados para ação no sistema nervoso dos animais. Segundo o COD, a carga estaria avaliada 150.000,00 (cento e cinquenta mil reais).

Imagens da Operação Hórus – COD

Durante operação realizada, foi avistado um veículo trafegando em situação suspeita. A partir dai a sinalização e sonorização de parada foi acionada, mas o condutor desobedeceu à ordem e fugiu. Somente 12km depois o veículo foi abordado pelos policiais.

De acordo com a equipe, ao solicitar a documentação para o transporte e comercialização dos animais, os proprietários disseram não possuir documentação e que estavam vindo do município de Valparaíso com destino final de Rio Grande do Norte. Eles ainda disseram que, teriam adquirido os pássaros através de várias pessoas em várias cidades de Goiás.

Nos potes presos a gaiola fica os fármacos/venenos utilizados para “alimentar” os animais.

As duas pessoas foram presas e vão responder pelo crime Ambiental de transporte e comercialização de animais silvestres.

Leia Também

Comentários