Cotidiano

11 pessoas eram escravizadas na zona rural em Abadiânia

O grupo trabalhava de domingo a domingo, sem direito a descanso

diario da manha
Foto/reprodução

Na zona rural de Abadiânia, um grupo de pessoas foram encontradas em situação de trabalho escravo. As 11 pessoas trabalhavam cortando eucalipto em uma propriedade particular, na zona central de Goiás. As vítimas contaram que para garantir as refeições que eram cobradas, eles tinham que trabalhar de domingo a domingo, sem direito a descanso.

Após uma denuncia anônima, a policia foi até o local e encontrou as onzes pessoas nessas condições. foram encontradas numa propriedade de zona rural de Abadiânia centro de Goiás.

No relato aos policiais, o grupo de maranhenses não tinha acesso a equipamentos de proteção individual (EPis). Além de que os trabalhadores não tinham água potável, chinelos e nem camas para dormi no alojamento. Apenas colchoes no chão era disponibilizado. Eles ainda afirmaram que foi prometido diversas vezes que suas carteiras seriam assinadas, mas isso nunca acontecia.

O autor do caso (não identificado) foi preso pelo crime de redução à condição análoga à escravidão.

Leia Também

Comentários