Cotidiano

Butantan solicita aprovação de mais 4,8 milhões de doses da Coronavac

A informação foi confirmada pelo governador João Dória, em coletiva de imprensa nesta segunda-feira (18)

diario da manha

Na manhã desta segunda-feira (18), o Instituto Butantan requisitou à Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), outro consentimento para uso emergencial de mais de 4,8 milhões de doses da Coronavac, produzidas no país.

A vacina contra Covid-19 do laboratório chinês Sinovac recebeu o aval da agência de regulação neste domingo (17), para utilização de 6 milhões de doses importadas.

O pronunciamento foi feito pelo governador João Doria. “Estamos seguros de que a análise será feita com a mesma agilidade”, informou.

Conforme o presidente do Butantan, Dimas Covas, os documentos são semelhantes aos que foram entregues no início do mês para autorização das doses importadas.

“Isso é uma facilidade que a Anvisa terá agora para expedir rapidamente essa autorização”, concluiu ele, nesta segunda, em coletiva de imprensa.

Assim que receber a aprovação e forem produzidas, essas doses serão encaminhadas a todos os estados do país.

Início da vacinação

Nesta segunda-feira (18), os estados recebem as doses e, a partir das 17h, iniciam campanha de imunização

Segundo o site Metrópoles, inicialmente, o ministro Eduardo Pazuello havia propagado que a vacinação teria início na próxima quarta-feira (20), em todo o Brasil.

Comentários