Cotidiano

Médico defensor da cloroquina muda de opinião

diario da manha

O Centro Nacional de Informações sobre Biotecnologia na França, publicou em seu site a nova posição do médico Didier Raoult. As mesmas informações que foram divulgadas no jornal Le Figaro.

O médico francês que defendia o uso de hidroxicloroquina no tratamento contra Covid-19, mudou de opinião. De acordo com ele “as necessidades de oxigenoterapia, a transferência para UTI e o óbito não diferiram significativamente entre os pacientes que receberam hidroxicloroquina com ou sem azitromicina e os controles feitos apenas com tratamento padrão”.

Segundo Raoult, o tempo de internação dos pacientes tratados com o medicamento foi menor.

Comentários