Cotidiano

Nerópolis: advogado é assassinado a tiros em frente à residência onde morava

Caso está sendo apurado pela Polícia Civil, a suspeita é que a motivação tenha relação com barulho

diario da manha

A Polícia Civil (PC-GO), está investigando o caso da morte do advogado Ricardo Xavier Nunes, 54 anos, morto a tiros na manhã deste sábado (14), em frente à casa onde morava, em Nerópolis, distante 35,8 km de Goiânia.

Inicialmente a PC acredita que o assassinato possa ter alguma ligação com briga motivada por barulho.

Imagens de câmera de monitoramento mostram o momento que o crime ocorreu. A vítima sai de casa para conversar com um homem que está apoiado na carroceria de uma caminhonete branca, estacionada.

Na gravação, é possível ver os dois conversando por alguns instantes, até que o homem que esperava o advogado saca uma arma e efetua vários disparos contra Ricardo. Depois, ele entra no caro e foge.

Instantes depois o advogado é socorrido por familiares e por um motorista que passava no local.

Para o delegado André Fernandes, responsável pelo caso, informou que, até por volta de 11h 30, nenhum suspeito foi preso, mas que as apurações estão bem andamento para definir a autoria do crime.

“Estamos em diligências para achar autoria e em procedimentos de investigações”, afirmou o delegado.

Segundo o site G1, o Instituto Médico Legal (IML), fez a remoção do corpo da vítima ao final da manhã, para a realização de exames.

A Ordem dos Advogados do Brasil seção Goiás (OAB-GO), declarou por meio de nota, que “acompanha com atenção as investigações preliminares do assassinato”. O comunicado diz ainda que “não é possível afirmar no momento se o crime está relacionado à atuação profissional”.

Comentários