Cotidiano

Mulher descobre gravidez ao dar à luz em banheiro de UPA, em Senador Canedo

Mulher de 37 anos não desconfiava da gestação e foi a unidade de saúde em busca de atendimento médico para dores no abdômen

diario da manha

Maria Cristina Rodrigues, 47 anos, procurou a Unidade de Pronto Atendimento (UPA), de Senador Canedo, Região Metropolitana de Goiânia, em busca de atendimento médico por sentir dores no abdômen. Mas acabou descobrindo que estava em trabalho de parto, no momento em que a bebê nasceu, dentro do banheiro da unidade de saúde.

O fato ocorreu na quinta-feira (19). Mãe e filha, batizada de Ana Vitória, estão internadas e passam bem. A mulher afirmou que em nenhum momento desconfiou de gravidez e, foi surpreendida com o nascimento inesperado da filha.

“Achei que ia sair alguma coisa e saiu foi uma menina. Aí eu assustei. Meu menino correu e chamou a enfermeira para pegar ela. Eu não esperava”, confirmou.

“Graças a Deus não aconteceu nada, estou tomando os remédios. É um presente de Deus”, completou chorando.

Como não tinha conhecimento da gestação, ela não preparou o enxoval. No entanto, ela está desempregada e pede ajuda.

“Não tem enxoval nem nada. Só que ela ganhou um bocado de coisa, uma banheira, um carrinho, as fotos. As outras coisas não”, desabafou a mãe.

Segundo o site G1, os especialistas afirmam que esta situação é mais comum do se imagina. Para o ginecologista e obstetra Rogério Cândido Rocha, cerca de 20% das mulheres grávidas não sentem sintoma algum, principalmente, as que estão acima do peso corporal.

“É muito comum acontecer entre as mulheres obesas. É bom relembrar que os primeiros movimentos fetais entre as mulheres gestantes são percebidos entre 17 e 22 semanas. São movimentos muito sutis e muito leves”, destacou o especialista.

Comentários