Cotidiano

Jovem acusada de matar namorado com agulha de narguilé foi indiciada por homicídio doloso

A prisão da acusada, que confessou o crime, não foi pedida pela autoridade policial. O crime ocorreu em Aparecida de Goiânia

diario da manha

Nicole Maria, 19 anos, acusada de matar o namorado com uma agulha de narguilé, durante uma discussão, foi indiciada por homicídio doloso privilegiado, na manhã desta terça-feira (24), em Aparecida de Goiânia, Região Metropolitana da capital.

Conforme o delegado Eduardo Rodovalho, que acompanha o caso, ao final das investigações, não foi pedida a prisão por entender que não haviam os requisitos determinados pela lei. A jovem confessou o crime e já responde em liberdade.

“Não foi pedida a prisão porque ao meu entender, não se encontram presentes os requisitos, como a não garantia da ordem pública, ou seja, não há indícios de que ela volte a fazer isso e também o não risco de instrução criminal, ou seja, que ela possa ser uma ameaça aos familiares e testemunhas”, explicou o delegado.

O delegado ainda informou que a acusada é réu primária. O inquérito deve ser enviado à Justiça nesta quarta-feira (25). Para a polícia, o casal tinha um histórico de relacionamento conturbado.

Entenda o caso

A vítima Adailton Gomes Abreu, 24 anos, foi a óbito na casa da namorada, no Residencial Village Garavelo, depois de uma discussão do casal por causa de um lanche na feira. Ele foi atingido no coração pela agulha de um narguilé, em setembro deste ano, durante um desentendimento por causa de pastel de feira.

Nas apurações ficou evidenciado, conforme a polícia, que o namorado havia investido sobre ela com um narguilé quebrado e, para se defender, acabou o atingindo com a agulha.

“As investigações já foram concluídas e o processo deve ser enviado à Justiça na próxima semana. Eles já tinham se agredido mutuamente, por imaturidade no namoro. E com o desgaste extremo, no momento da briga, ela acabou o matando, mas não identificamos lesões nela no dia do crime que justificassem a legítima defesa”.

De acordo com o site G1, o delegado ainda acrescentou que o jovem foi atingido por uma única perfuração no mamilo esquerdo, na base do coração.

“A lesão foi única, certeira e fatal. Ele agonizou por pouco tempo e depois já veio a óbito”, concluiu o delegado.

Comentários