Cotidiano

Governador do DF: "não vejo a hora dessa vacina sair"

Ibaneis Rocha afirmou que aguarda a posição do governo federal sobre quem serão os fornecedores da vacina

diario da manha

O governador Ibaneis Rocha (MDB-DF), integrou um evento na Secretaria da Agricultura ( Seagri- DF), nesta sexta-feira (23), para disponibilizar sete camionetes Chevrolet S10 e tablets, que serão utilizados pelo Serviço de Defesa Agropecuária. Na ocasião, o chefe do executivo local considerou que não vê a hora de “assinar decreto”, liberando o brasiliense de usar máscaras protetoras.

“Com fé em Deus essa vacina chega logo e aí a gente disponibiliza e vacina toda a população, para que a gente possa realmente ter a cura do coronavírus”, afirmou o governador, durante solenidade, ocorrida na Asa Norte, durante esta manhã.

Perguntado sobre a vacina chinesa, que o governo federal anunciou a compra e depois retificou a informação, dizendo não ter interesse em adquirir, Ibaneis declarou que não vai entrar na polêmica.

“Eu acho que vacina faz parte de um programa nacional de vacinação, sempre foi distribuída pelo Ministério da Saúde, então nós vamos aguardar primeiro ter a vacina, ver a postura do governo federal de como vai ser aplicada e quem serão os fornecedores”.

No Distrito Federal a média de mortes por Covid-19 subiu para 1,4 nesta quinta-feira (22). O indicador aumentou após queda nos últimos dias (20 e 21/10). Comparando com o apurado há 15 dias, houve recuo de 5,6%, o que demonstra estabilidade na quantidade de mortes.

O DF já notificou 207,7 mil contaminações e 3.600 óbitos em decorrência da infecção, desde o início da pandemia. Nas últimas 24 horas, foram confirmadas 13 mortes e 590 novos contaminados.

Os veículos entregues a Seagri nesta sexta-feira, na presença do governador, foram o obtidos por meio de convênios entre a Secretaria e o Ministério da Agricultura (MAPA), que repassou cerca de R$ 2 milhões.

Segundo o site Metrópoles, além da aquisição de veículos e tablets, termo aditivo do convênio 835505/2016, que prevê repasse de recursos para o Serviço de Defesa Agropecuária do DF, assinalou a entrega de computadores e impressoras térmicas, que serão utilizadas para equipar o órgão. Em compensação ao repasse, a Seagri terá que implementar algumas atividades e cumprir metas para receber e empregar esses recursos.

Comentários