Cotidiano

Brasil registra 12 mortes por afogamento a cada dia

diario da manha

Em 2020, até maio, foram registrados 1.422 óbitos por afogamento acidental. Deles, a maior parte 746 foram registrados em áreas naturais de águas. Os meses de verão pré-pandemia impulsionaram os números: janeiro a março representaram 84% do total, em comparação com 2019, no mesmo período.

A realidade pode mudar, segundo o Ministério da Saúde, os boletins referentes ao ano de 2019 estão disponíveis em caráter preliminar, sendo passíveis de alterações após o processo habitual de limpeza e validação.

O banco de dados 2020 ainda se encontra em aberto para recebimento de registros e também para qualificação após investigação. Levantamento da ONG criança segura aponta essa como a segunda maior causa de morte acidental e a sétima de hospitalização entre crianças.

Diferentemente dos jovens, as piscinas residenciais são as maiores vilãs 59% das mortes na faixa de 1 a 9 anos ocorrem nelas.

Segundo o médico David Szpilman afogamento não é acidente, não acontece por acaso. tem que ter alguma coisa para resolver isso, relata.

Comentários