Cotidiano

AFIPE tem 10 dias para se adequar às leis vigentes ou fechará as portas, diz MP

Existem suspeitas de que vários imóveis foram adquiridos com dinheiro desviado da Associação Filhos do Pai Eterno

diario da manha

Nesta segunda-feira (5), o Ministério Público (MP) sugeriu que a AFIPE faça adequações em seu estatuto as leis vigentes para que possa continuar funcionando. Existem suspeitas de que vários imóveis foram adquiridos com dinheiro desviado da Associação Filhos do Pai Eterno.

De acordo com informações do Ministério Público, em e nove anos mais de 2 bilhões tenha passado pela associação, e destes, cerca de 120 milhões tenham sido desviados, o Padre Robson de Oliveira sempre negou as acusações, e em um dos seus últimos posts do instagram afirmou que se afastou da diretoria da Afipe e da basílica do santuário para se colocar a disposição do MP nas investigações.

Segundo informações divulgadas, o dinheiro desviado parte dele seria usado na construção da nova basílica, hoje em dia a obra está avaliada em R$1,4 bilhões de reais, inicialmente esse valor era de R$ 100 milhões. A afipe afastou de sua diretoria membros que estavam sob investigações do ministério público, e também contratou uma auditoria externa para analisar todos documentos financeiros da instituição desde sua criação com intuito de colaborar nas investigações.

Comentários