Cotidiano

José Nelto articula reação contra corte de verbas das universidades

diario da manha

O deputado federal José Nelto (Podemos-GO) se insurgiu contra o corte de 18,2% anunciado pelo MEC no orçamento de 2021 das universidades e institutos federais.
“Em números redondos, isso significa R$ 1 bilhão a menos nos repasses para as universidades e institutos federais”, denuncia o parlamentar, lembrando que atividades de pesquisas, extensão, assistência aos alunos e até mesmo abastecimento de água e energia serão prejudicados.
“Em Goiás, por exemplo, o impacto negativo será R$ 16,5 milhões dos R$ 90 milhões destinados à Universidade Federal de Goiás (UFG), R$ 2,7 milhões para Universidade Federal de Jataí (UFJ) e R$ 2,4 para a Universidade Federal de Catalão (UFCAT)”, destacou o parlamentar.
Para Nelto, em vez de cortar, o governo deveria aumentar os recursos para as universidades. “Isso ficou claro agora com a importância delas no combate à epidemia do novo coronavírus”, assinalou.
O deputado disse que tem compromisso com as universidades brasileiras e articula reação pesada ao corte do MEC na Comissão Mista de Orçamento.
“Não vamos permitir que essa tesourada seja perpetrada pelo governo Bolsonaro. Vou convocar o ministro Paulo Guedes e o ministro da Educação para discutir o assunto no Congresso”, declarou.
Nelto disse que está articulando ações com reitores de todo o país e conta com a simpatia dos presidentes da Câmara e do Senado à causa.

Comentários