Cotidiano

Cauan deixa UTI mas segue no tratamento contra a Covid-19

Cantor está internado desde o dia 12 de agosto em Goiânia

diario da manha
Cauan, que faz dupla com Cleber, está internado com Covid-19 — Foto: Reprodução

O cantor Cauan, da dupla com Cleber, recebeu alta da Unidade de Terapia Intensiva (UTI) nesta segunda-feira (24) e foi transferido para um quarto do hospital, onde seguirá com o tratamento para a Covid-19, em Goiânia. A doença atingiu, principalmente, seus pulmões.

O artista foi internado, primeiramente, na Clínica do Esporte no dia 12 de agosto, já depois de descobrir a contaminação pelo coronavírus.

Três dias depois, foi levado para o Instituto Ortopédico de Goiânia (IOG), onde deu entrada na UTI. Por fim, novamente após três dias, foi transferido para o Anis Rassi, onde segue, agora, no quarto.

Durante o tempo em que ficou internado na UTI, o cantor esteve, na maior parte do tempo, com quadro grave. Ele chegou a ter 75% de comprometimento das funções dos pulmões, índice que foi diminuindo com o decorrer do tratamento.

Parentes contaminados

Além do Cauan, outros parentes estão com a Covid-19.

O pai, João Luiz Máximo, testou positivo no dia 12, mas foi internado no dia 21 de agosto. Ele está na UTI, respirando com ajuda de uma máscara de oxigênio.

A mãe foi no último sábado (22), na enfermaria do mesmo hospital. Ela está com quadro estável e respirando com necessidade esporádica de oxigênio.

O irmão do cantor, Fernando Máximo, conseguiu se curar da doença no mês passado, após ficar 10 dias internado numa UTI. Ele é secretário estadual de Saúde de Rondônia e está em Goiânia para acompanhar de perto o tratamento de Cauan.

A namorada do cantor, Mariana Guimarães Moraes, também foi infectada. Ela ficou alguns dias com o artista no hospital, sendo observada pela equipe médica junto com ele, mas foi liberada para se tratar em casa assim que Cauan precisou ser transferido para a UTI.

Apoio de famosos e amigos

Desde que descobriu a doença e precisou ser internado, Cauan sempre recebeu inúmeras mensagens de carinho e apoio nas redes sociais, inclusive, de amigos sertanejos famosos, como as duplas Simone e Simaria, João Bosco e Vinícius e João Neto e Frederico.

O parceiro, Cléber, também se manifestou dizendo que acredita na recuperação dele.

*Com informações do G1

Comentários