Cotidiano

Antiviral que inibi o coronavírus é encontrado na Rússia

A R-Pharm afirma que o medicamento, chamado Coronavir, mostrou eficácia em 55% dos pacientes em uma semana de uso

diario da manha

A empresa farmacêutica russa R-Pharm afirmou na última quarta-feira (8) que conseguiu autorização governamental para vender o Coronavir,  remédio antiviral que inibe a replicação do novo coronavírus no organismo humano.

As testagens em humanos começaram no mês de maio. Dos 110 casos participantes, 55% responderam da maneira esperada em uma semana. Segundo a empresa, o vírus deixa de ser replicado tanto em quadros leves quanto graves.

O diretor médico da empresa, Mikhail Samsonov, afirmou à reuters que a reprodução do novo coronavírus para por conta de “uma efetiva obstrução da replicação do vírus”. No entanto, a pesquisa da equipe russa não foi publicada por revistas científicas que comprovam que o medicamento é eficaz contra a Covid-19.

Além do Coronavir, o país testa atualmente o Avifavir. Ambos os antivirais tem base de favipiravir, que chegou a ser estudado na China e no Japão, mas não é comercializada principalmente porque podem causar má formação de embriões. No Brasil nenhum dos remédios são comercializados.

Com informações do IG

Comentários