Cotidiano

Justiça autoriza reabertura de academias de ginástica em Goiás

diario da manha

A pedido de profissionais em educação física, a Justiça autorizou na manhã desta quinta-feira (21) a reabertura das academias de ginástica em Goiás. No novo decreto as academias devem funcionar com apenas 30% da capacidade, para evitar aglomeração e propagação do coronavírus.

Gilberto Marques Filho foi o desembargador que assinou a solicitação do Sindicato dos Profissionais em Educação Física do Estado de Goiás (Sinpef-GO). Em nota, a Procuradoria-Geral do Estado (PGE) informou que “o Estado de Goiás ainda não foi intimado da decisão. Assim que isso acontecer, analisará eventuais medidas a serem tomadas”.

Além das academias, salões de beleza e barbearias foram considerada como “atividades essenciais” pelo presidente Jair Bolsonaro que assinou o decreto Federal no último dia 11.

Segundo os defensores, as academias “foram tratadas, equivocada e injustamente, como ambiente de recreação”, embora a atividade física seja “essencial para a manutenção da saúde dos cidadãos em meio a pandemia”. O magistrado também destacou que o governo estadual está “sensível ao mal que nos acomete”, tentando desenvolver políticas que mantenham o equilíbrio entre saúde e economia.

Marques Filho deixou claro que as regras para aberturas devem ser rigorosamente seguidas para que possamos conter a propagação do vírus.

Comentários

Mais de Cotidiano