Cotidiano

Após adesão de ex-servidores, bolsonaristas cancelam protesto

Movimento suspendeu carreata após descobrir que ex-servidores comissionados da gestão anterior se infiltraram no protesto

diario da manha

A carreata com bolsonaristas que ocorreria neste sábado, 22, em Goiânia, foi adiada após a adesão de defensores do marconismo. Interlocutores do grupo de empresários resolveu não se misturar com os defensores da gestão anterior por entenderem que as causas são “incomunicáveis”.

Nas redes, disseram que defendem a abertura do comércio, a criminalização do ex-juiz Sérgio Moro, o presidente Jair Bolsonaro e o afastamento de Ronaldo Caiado, que criticou publicamente o presidente.

O outro grupo seria integrado em sua maioria por ex-assessores da gestão tucana insatisfeitos com a derrota nas eleições de 2018.

Reportagens do “Jornal Opção” e “DM” mostraram que existiam ex-servidores comissionados na organização do #foracaiado. Eles criaram grupos e se articulavam com os bolsonaristas.

Comentários

Mais de Cotidiano