Cotidiano

Anonymous cita Bolsonaro e acusa Trump assassinato para “encobrir sua história de tráfico de crianças e estupro”

Anonymous '' Algo que as pessoas devem olhar no Brasil é investigar se Bolsonaro tem algum vínculo com o traficante e estuprador de crianças John Casablancas''

diario da manha

Postagem foi feita no Twitter e já um um dos assuntos mais comentados neste domingo

O perfil @YourAnonCentral, associado ao coletivo de hackers Anonymous postou neste domingo uma grave acusação contra o presidente americano Donald Trump.

A postagem diz, ““você matou Jeffrey Epstein para encobrir sua história de tráfico de crianças e estupro”. Mas a acusação não ficou apenas em Trump, eles também afirmam que o empresário Bill Gates, da Microsoft também estava envolvido com Epstein, “Bill Gates também estava envolvido com Jeffrey Epstein e lavou dinheiro em seu nome”, revelou.

Anonymous cita Bolsonaro

Anonymous também sugeriu uma investigação sobre o presidente Jair Bolsonaro, dando a entender que haveria uma ligação entre ele e John Casablancas acusado pelo Anonymous de traficar crianças. ” Algo que as pessoas devem olhar no Brasil é investigar se Bolsonaro tem algum vínculo com o traficante e estuprador de crianças John Casablancas, um associado próximo de Trump, que atuou como proxy para os negócios de Trump no Brasil sob algum cargo obscuro e indefinido”.

Em outro post, o Anonymous declara, “o Anonymous não apoiava Trump; somos apolíticos, em 2015, tentamos expor os elos de Epstein e o crime organizado de Trump e fomos abafados por uma operação de influência do governo russo e nazistas”.

Na postagem abaixo, o coletivo afirma que Epstein não apenas vendia, mas colecionava material de chantagem para políticos dos EUA e do Reino Unido, mas também era apoiado pelo grupo MEGA, uma máfia de investidores ricos e criminosos organizados que também estavam ligados à URSS e Israel.

As postagens incendiaram a internet na manhã deste domingo e Anonymous já se tornou um dos assuntos mais comentados do dia.

Comentários