Cotidiano

Jovem de 12 anos é estuprada após marcar encontro pelas redes sociais, em Itumbiara

diario da manha
Foto: Reprodução

Uma jovem de apenas 12 anos foi resgatada após ser mantida em cárcere privado por cinco dias, em Itumbiara, região sul de Goiás. O delegado do caso Ricardo Chueire afirmou em entrevista ao G1 que a jovem marcou um encontro com um dos suspeitos por uma rede social, após o indivíduo se passar por um rapaz de 14 anos, e foi levada pelo homem para um local, onde foi estuprada e mantida refém pelos suspeitos.

De acordo com a matéria publicada pelo portal, a jovem sumiu no dia 30 de dezembro do ano passado e foi encontrada pela família no dia 4 de janeiro. A família afirmou que entrou em contato com a polícia, mas por conta do recesso das festas de final de ano, decidiu por conta própria procurar a jovem.

Após não encontrar a menina em um primeiro momento, os familiares começaram a investigar pelas redes sociais da jovem, e encontrou a conversa com um rapaz. Após verificar as conversas, a família encontrou ao menos cinco perfis Fakes em que o suspeito afirmava ter 14 anos e um verdadeiro.

Jovem foi encontrada após primas conseguirem recuperar aplicativo de conversas

As primas da estudante encontraram amigos do suspeito que só tinham amigos com a mesma idade dela e desconfiaram do rapaz. Em determinado momento, a família da jovem conseguiu recuperar o aplicativo de mensagens e viram as conversas com o suspeito e conseguiram encontrar a adolescente.

Conforme a publicação, a moça foi encontrada em uma casa no Setor Planalto, em Itumbiara, junto com um casal. A família afirmou que quando chegou ao local, o casal estava se preparado para fugir e foram presos em flagrante. O delegado confirmou que o casal estava planejando para fugir com a jovem, mas não sabe qual era o destino.

O casal vai responder por cárcere privado e o homem também vai responder por estupro de vulnerável, pois a menina tem apenas 12 anos.

*Com infomações do G1

Comentários