Brasil

Richthofen, Jatobá e Matsunaga saem da prisão para o Dia das Crianças

Suzane Von Richthofen, Anna Jatobá e Elize Matsunaga foram condenadas por crimes que chocaram o Brasil

diario da manha
Foto: Reprodução

Suzane Von Richthofen, Anna Jatobá e Elize Matsunaga foram condenadas por crimes que chocaram o Brasil.

Na última quinta-feira (10/10) deixaram temporariamente a prisão de Tremembé (SP) para passar o Dia das Crianças com as famílias. 

Na penitenciária de Tremembé, os presos do regime semiaberto têm direito a ficar fora da cadeia por até 35 dias por ano em datas comemorativas.

Durante a liberdade provisória, as condenadas não podem ficar na rua entre 20h e 6h, também não podem fazer consumo de bebida alcoólica, sob pena de regressar de regime.

Elize Matsunaga

Elize Matsunaga foi condenada a quase 20 anos de prisão por matar e esquartejar o marido Marcos Kitano Matsunaga, CEO da empresa alimentícia Yoki.  O crime aconteceu em 2012, no apartamento do casal.. É a primeira vez que ela deixa o presídio, Elize está proibida de ver a filha de oito anos, já que a guarda da menina está com os pais de Marcos.

Suzane Von Ritchtofen

Suzane Von Richthofen passará o feriado fora da prisão. Suzane foi condenada a 30 anos de prisão por orquestrar o assassinato dos pais, Manfred e Marísia Von Richthofen, em 2002, Suzane com a ajuda de Daniel Cravinhos seu namorado na época e do irmão dele Cristian Cravinhos mataram as vítimas com marretadas na cabeça dentro de sua residência.

Ana Carolina Jatobá

Ana Carolina foi condenada a 26 anos e 8 meses de prisão por matar a enteada Isabella Nardoni com a ajuda de seu esposo Alexandre Nardoni, na época Isabella tinha apenas 5 anos e foi arremessada do sexto andar do prédio onde o pai e a madrasta moravam, o crime aconteceu em 2008 e até hoje é motivo de extrema comoção popular.

Comentários