Cotidiano

Sobe para 52 o número de mortes por H1N1 em Goiás

diario da manha

De acordo com o último boletim da Secretaria Estadual de Saúde (SES), divulgado nesta terça-feira (06/06), o número de mortes pelo vírus da gripe H1N1 subiu para 52 em Goiás.

Além das 52 mortes por H1N1, outras cinco pessoas morreram pelos tipos H3N2 e Influenza B. A campanha de vacinação, que começou mais cedo em Goiás, foi estendida até o dia 15 de junho para todos os integrantes do grupo de risco.

São considerados integrantes do grupo de risco crianças de 6 meses a 5 anos, gestantes, puérperas, pessoas com 60 anos ou mais, indígenas, trabalhadores da saúde, professores, portadoras de doenças crônicas não transmissíveis, funcionários do sistema prisional e adolescentes e jovens entre 12 e 21 anos que cumprem medida socioeducativa ou estão presos.

Ainda de acordo com o boletim da SES, foram registrados até está terça-feira, em Goiás, 353 casos da Influenza pelo vírus H1N1, 40 por H3N2 e três pela Influenza B.

Ainda estão sob investigação outras 155 ocorrências, suspeitas de doenças causadas pela Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG).

Comentários