Cotidiano

Universitária tem corpo queimado após ataque de outra mulher em São Luís de Montes Belos

diario da manha
Foto:Reprodução/Arquivo Pessoal

A Polícia Civil investiga o ataque de uma mulher, ainda não identificada, contra a estudante de farmácia Beatriz Carneiro de Araújo, de 20 anos, que teve 45% do corpo queimado na manhã de ontem, 16, em São Luís de Montes Belos, em Goiás.

Informações preliminares de equipes do Corpo de Bombeiros, que atenderam a ocorrência, apontam que a vítima havia ido comprar pão em um supermercado e, quando voltou para o carro, a mulher quebrou o vidro da porta, jogou álcool e ateou fogo na universitária.

A jovem foi socorrida com queimaduras de 2º grau no rosto, peito, costas e braços. Ela segue internada em um leito de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) de um hospital particular da cidade, que divulgou na manhã deste sábado, 17, que a paciente tem o quadro de saúde considerado regular.

A mulher responsável pelo ataque foi presa em flagrante pela Polícia Militar (PM) e encaminhada para a delegacia. Até o momento, Polícia Civil informou que a suspeita passou por interrogatório, mas se manteve em silêncio.

Mistério

Em entrevista à TV Anhanguera, o advogado da família de Beatriz, Marcelo Borges, disse que a vítima nunca viu a mulher antes e que ainda não sabe o que poderia ter motivado o crime.

Segundo ele, “quando Beatriz entrou no carro, essa mulher bateu com uma marreta, jogou álcool e depois ateou fogo. Ela desesperada e tentando sair do veículo, acabou conseguindo ligá-lo, mas bateu em um poste. Em seguida, saiu de dentro do veículo com o corpo em chamas”, explicou.

Mulher quebrou vidro do veículo com uma marreta e ateou fogo. Foto:Reprodução/Arquivo Pessoal

Comentários