Cotidiano

Goleiro Bruno pode deixar a prisão ainda em 2018 após atualização da pena

diario da manha

O goleiro Bruno, que foi condenado em 2013 por participação no sequestro e assassinato de sua ex-mulher, Eliza Samudio, teve a pena atualizada e pode deixar a prisão ainda em 2018. Com essa alteração, ele pode pedir a mudança do regime fechado para o semiaberto a partir do dia 24 de novembro.

Segundo informações do portal “IG”, o jogador precisa cumprir 2/5 da pena pelo homicídio triplamente qualificado e 1/6 da pena por sequestro e cárcere privado de seu filho, Bruninho. Feito isso, a defesa dele pode entrar com o pedido.

O documento aponta que Bruno já cumpriu cinco anos e oito meses e dois dias de pena, sem contar o período em que ficou preso antes de abril de 2013. Ainda não foram recalculados os 42 dias oriundos dos trabalhos que ele realizou dentro do presídio.

No ano passado, Bruno conseguiu um habeas corpus e esteve em liberdade por pouco menos de dois meses. No entanto, por decisão da justiça, ele voltou à prisão em abril.

Desde que voltou, ele dá aulas de futebol no Núcleo de Capacitação para a Paz para crianças e adolescentes, filhos de detentos e ex-detentos.

Comentários