Cotidiano

Prefeitura de Goiânia assina contrato para adquirir nova Usina de Asfalto

diario da manha
Foto:Divulgação/Paulo José – Prefeitura de Goiânia

O contrato para aquisição de uma nova Usina de Asfalto para Goiânia foi assinado na manhã desta segunda-feira, 13, durante audiência do prefeito da capital, Iris Rezende em parceria com a senadora Lúcia Vânia. O acordo no valor de R$ 2 milhões vai possibilitar a ampliação da produção de massa asfáltica em 120 toneladas/hora.

“Esses recursos representam algo muito importante para a cidade”, disse o prefeito ao comentar que a administração ainda passa por uma crise financeira.

O convênio intermediado pelo Ministério da Integração Nacional vai significar, segundo a gestão municipal, uma economia para os cofres públicos e trará condições para a realização de operações de recuperação da malha viária, além de possibilitar o início dos trabalhos de pavimentação de todas as vias públicas habitadas que não contam com o beneficio. Atualmente, cerca de 30 bairros da capital ainda possuem ruas sem asfalto.

De acordo com Iris, o novo equipamento da Prefeitura de Goiânia terá como produzir o seu próprio Concreto Betuminoso Usinado à Quente (CBUQ), que tem por finalidade dar apoio em todas as etapas do processo de construção e recuperação da infraestrutura viária da cidade.

“Estamos vivenciando um momento muito difícil e essa aquisição vai possibilitar maior eficiência na prestação dos serviços de tapa-buracos, recapeamento e pavimentação de novas vias”, afirmou.

Responsável por intermediar a efetivação do convênio entre a União e o Município, a senadora Lúcia Vânia revelou que o prestígio do prefeito Iris Rezende auxiliou para que o convênio se tornasse realidade. “Assim que tomei conhecimento da necessidade da prefeitura em adquirir uma nova usina, fiz questão de procurar Ministério da Integração Nacional e fui prontamente atendida”.

Estrutura

O titular da Secretaria Municipal de Infraestrutura e Serviços Públicos (Seinfra), Fernando Cozzetti informou que a nova usina é de última geração e ecologicamente sustentável. “Os serviços, além de ampliados, serão realizados de forma mais rápida”, pontuou o secretário.

Ele salienta que o trabalho deixará de ser efetuado de forma terceirizada, o que vai gerar uma economia de 40% e os trâmites de conclusão da compra do novo equipamento devem ser concluídos em até 120 dias.

Autoridades

A assinatura do convênio com o Ministério da Integração Nacional foi prestigiada pelo deputado estadual Lívio Luciano, presidente da Câmara Municipal de Goiânia, Andrey Azeredo, e os vereadores Emilson Pereira, Isídio Alves, Oséias Varão e Wellington Peixoto. Além dos secretários municipais Anna Vitória Gomes Caiado (Procuradoria), Juliano Bezerra (Controladoria), Lênia Soares (Imprensa), Luiz Felipe (Comunicação), Samuel Almeida (Governo) e Paulo Ortegal (Gabinete).

Com informações da Prefeitura de Goiânia.

Comentários