Cotidiano

Ação policial investiga empresários de Anápolis por desvio de R$ 10 milhões do Banco do Brasil

diario da manha

Foto:Divulgação/Polícia Civil

Três empresários de Anápolis são alvos de uma operação da Polícia Civil do Paraná que investiga um desvio de cerca de R$ 10 milhões do Banco do Brasil. Ao todo, a ação cumpre 54 mandados judiciais em Goiás, São Paulo, Paraná e no Distrito Federal.

Na cidade goiana, dois dos investigados, cujas identidades não foram divulgadas, foram levados para Delegacia Estadual de Investigações Criminais (Deic), em Goiânia, para prestar depoimento em virtude de dois mandados de condução coercitiva. Já o terceiro empresário, que tem uma ordem de prisão expedida contra ele, ainda não foi localizado.

A ação apura crimes de peculato, falsificação de documentos públicos e particulares, expedição de duplicatas simuladas, lavagem de dinheiro e associação criminosa.

Entenda o caso

As investigações começaram no ano passado, após uma queixa da própria instituição financeira. Além do Banco do Brasil, os investigadores acreditam que o esquema criminoso também pode ter lesado empresários.

De acordo com a polícia, os envolvidos são suspeitos de simular e criar contas com documentos falsos para a liberação de créditos e financiamentos. As investigações apontam que o dinheiro também era desviado para empresas.

Através de nota, o Banco do Brasil informou que, “após identificar indícios de irregularidades, concluiu investigações da Auditoria Interna que resultaram na demissão por justa causa de um funcionário, em junho de 2016, e na apresentação de notícia crime à polícia”.

A instituição ainda destacou que seguirá colaborando com as investigações policiais para que todos os fatos sejam esclarecidos.

Líder

O funcionário citado no texto é o ex-gerente do BB Luiz Eduardo Cardoso, preso em Curitiba suspeito de chefiar o esquema. O delegado responsável pelo caso, Matheus Layola informou que o servidor roubou o banco por dois anos e foi demitido por justa causa no ano passado após 17 anos de carreira na instituição.

Comentários