Cotidiano

Um estudante de medicina aos 83 anos

diario da manha

Exemplos de histórias de vida que nos inspiram são contados todos os dias, mas elas sempre nos surpreendem como a do hoje empresário Valdomiro de Sousa que aos 83 anos de idade foi aprovado no vestibular para medicina, realizando assim um sonho que nutriu desde a infância. De voz firme, disposição física pulsante e espírito aventureiro, Valdomiro coleciona uma série de conquistas e características comumente relacionadas aos jovens de pouca idade.

Aos 83 anos, ele surpreende pelo vigor e vontade de viver intensamente. “Tem quatro dias que as aulas começaram e a rotina é puxada, mas se Deus quiser vou dar conta” descreve ele um pouco da rotina de mais um desafio que pretende superar com sucesso. Pai de duas filhas uma advogada e outra médica, e vô, atencioso, de três netos Valdomiro recorda que a vida sempre lhe ofereceu grandes desafios a serem superados.

De origem da cidade de Caldas Novas Valdomiro permaneceu no município apenas os primeiros quatro anos de vida logo, ele e a família, foram morar em Cristianópolis onde viveu por doze anos, quando em julho de 1949, mudou-se, em definitivo para Goiânia. Na época com 16 anos, ele contou à reportagem do Diário da Manhã que era pobre e não tinha profissão definida e durante muitos anos trabalhou como, servente, pedreiro e pintor.

“Quando cheguei aqui (Goiânia) não sabia nem ler direito, foi quando fiz admissão para entrar na Escola Técnica e Comércio de Campinas. Entrei lá para cursar o primeiro ano básico que corresponde ao ginásio. Estudei durante quatro anos o curso básico e depois ingressei na mesma escola e fiz o curso Técnico em Contabilidade”, recorda.

Exibindo Valdemiro de Souza-André Costa01.jpg
Valdemiro de Souza: exemplo de vida para quem acha que a terceira idade é o fim dos projetos pessoais Fotos: André Costa

Ao concluir o curso Técnico em Contabilidade o audacioso menino de origem simples deixa com orgulho de trabalhar como servente de obra. Visando voos mais altos ele começou a trabalhar em um escritório de contabilidade como faxineiro. Empenhado em tudo que se propõe a fazer, não demorou para ser reconhecido. Recebeu um convite do dono do escritório de contabilidade para exercer sua função de formação.  “Fiquei lá durante seis anos, entrei no escritório de contabilidade do Bourhan Helou como faxineiro do escritório e saí como gerente geral”, narra.

Para Valdomiro o céu é o limite, depois desse emprego que o ensinou muito sobre a importância das conquistas ele assumiu um cargo de contador e gerente de uma loja de móveis onde ficou por apenas dois anos. Pois decidiu mudar-se para o Rio de Janeiro atrás de seu maior sonho, tentar vestibular para medicina. Nessa época com 27 anos, ele prestou o vestibular, mas devido à alta concorrência não passou.

Retornando de imediato para Goiânia, capital que o acolheu desde adolescência e lhe proporcionou um mundo de possibilidades e conquistas, não demorou para Valdomiro volta à ativa. Ele recebeu um convite de um amigo (Orlando Alves Carneiro irmão do atual prefeito de Goiânia e ex-governador Iris Rezende) para ser sócio de um frigorífico onde trabalhou por longos vinte anos.

Ainda solteiro, parecia que ele tinha abandonado o sonho de ser médico. Aos 33 anos se apaixonou, casou e vieram os filhos. Tudo parecia se acomodar, até que aos 70 anos ele decide ingressar na faculdade de direito e dali há cinco anos estaria formando e exercendo a advocacia por belos quatro anos.

Mesmo com mais essa realização, Valdomiro ainda se sentia desafiado a persistir no primeiro desejo de seu coração, ingressar na faculdade de medicina. Revelou que nunca deixou essa meta de lado e apenas estava esperando o momento oportuno. “Depois de muitos anos sem estudar, só trabalhando dia e noite, resolvi prestar vestibular para fazer o curso de medicina. Foram três tentativas sem sucesso, na quarta conseguiu passar”.

Aos 83 anos de idade Valdomiro vislumbra o sonho de formar em medicina e espera contar com muita saúde para tal. “É um sonho que estou realizando de muitos anos. Pretendo fazer geriatria e dar aula para os idosos aprender viver com alegria e saúde”. Ele acredita que o segredo para manter a disposição é não perder o foco, alimentar se bem, praticar exercícios físicos e amar. “Agora estou realizado com o curso de medicina”, diz.

Rotina

Perguntado sobre a rotina na instituição de ensino onde começou a estudar há uma semana com horários de aulas que iniciam as 14 horas e encerra às 18 horas, ele observa que ainda é cedo para apresentar um roteiro de estudo, mas sabe que será intenso. “O curso é muito bom, o ambiente da faculdade e gratificante porque nos possibilita o alcance ao conhecimento e a construção de novas amizades”.

Sobre a rotina que seguia até começar a estudar ele observou: “tenho uma fazenda muito grande no Estado do Mato Grosso onde planto soja e mexo com gado, mas pretendo conciliar a faculdade com a minha rotina na fazenda”. Valdomiro ressaltou que administrar negócios é algo que ele não encontra dificuldades, afirmando que enquanto cursou a faculdade de direito ele e um sócio construíram o Aphrodite Motel.

Comentários