Cotidiano

Prefeitura mantém prazos de entrega do Macambira Anicuns

Chuvas não atrapalham construção de uma das maiores obras públicas da capital. Prefeito exige trabalho nos finais de semana

diario da manha

 

Tom Carlos

O Programa Urbano Ambiental Macambira Anicuns (Puama) não deve sofrer alterações nos prazos de entrega, apesar das chuvas na Capital. É o que prevê a Prefeitura de Goiânia, que tem articulado uma série de intervenções na Capital – como a revitalização da Praça Cívica e a implantação do BRT.

As equipes têm trabalhado até mesmo nos finais de semana e também feriados, conforme orientação do prefeito Paulo Garcia. Com investimento do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), o projeto inclui a criação do Parque Linear com 24 quilômetros e abrangência em 132 bairros da Capital e dois Parques Ambientais Urbanos.

A proposta central do projeto Macambira Anicuns é oferecer qualidade de vida aos moradores de diversos bairros da Capital. Desta forma, pistas de caminhada e ciclismo, academias ao ar livre, espaços para exposições culturais, quadras poliesportivas e de artesanatos serão instalados no município.

Conforme a Prefeitura de Goiânia, o projeto deve ser um dos maiores parques lineares da América Latina. A primeira etapa foi licitada e as obras estão em andamento.

Neste primeiro trecho, ocorrerão intervenções no Jardim Atlântico, Jardim Vila Boa, Loteamento Faiçalville, Residencial Privê Atlântico e Vila Rosa, Loteamento Celina Park, Residencial Granville, Setor Novo Horizonte e Vilage Veneza) e parte do Setor 2 (Conjunto Cachoeira Dourada e Residenciais Aquários I e II).

 

PRAZO

A previsão é de que o conjunto total de obras do primeiro trecho seja finalizado em setembro de 2016. O Parque Ambiental Macambira (PAM), no Setor Faiçalville, por sua vez, será entregue em setembro deste ano.

Comentários