Brasil

Bolsonaro pede parecer para desobrigar uso de máscara para pessoas vacinadas

Especialistas defendem que uso de máscara continue obrigatório

diario da manha
Jair Messias Bolsonaro Foto: Reprodução

Contrariando recomendações das autoridades sanitárias mundiais, o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) afirmou hoje em evento realizado em Brasília que o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, deverá em breve publicar um parecer que desobrigará o uso de máscara aos brasileiros que já foram vacinados ou contraíram a covid-19 e se recuperaram.

“Acabei de conversar com um tal de Queiroga, não sei se vocês sabem quem é, e ele vai ultimar um parecer visando a desobrigar o uso de máscara por parte daqueles que foram vacinados ou que já foram contaminados. Para tirar esse símbolo, que obviamente tem a sua utilidade para quem está infectado”, disse Jair Bolsonaro.

O discurso do presidente gerou polêmica e revolta nas redes sociais, horas após a fala do presidente, Marcelo Queiroga em uma tentativa de amenizar o desconforto causado pela fala de Bolsonaro, afirmou que para acontecer tal liberação, se faz necessário o avanço da vacinação.

“Para isso, precisamos vacinar a população brasileira e avançar”, completou o ministro.

”O presidente acompanha o cenário internacional, vê que em outros países onde a campanha de vacinação já avançou as pessoas já estão flexibilizando o uso das máscaras. O presidente me pediu que fizesse um estudo para avaliar a situação aqui no Brasil, então vamos atender essa demanda do presidente Bolsonaro, que está sempre preocupado em pesquisas em relação à covid”.

Vale ressaltar que nos Estados Unidos, a liberação do uso da máscara de proteção aconteceu há pouco menos de um mês, 59,4% da população está totalmente imunizada com duas doses ou com a vacina de dose única da Janssen, segundo balanço do site Our World In Data.

tags:

Comentários