Coronavírus

Municípios que não atualizam dados de vacinação prejudicam Goiás

Dados divulgados pelo Ministério da Saúde sobre vacinação em Goiás não representam realidade nos municípios, goianos

diario da manha

A Secretaria Estadual de Saúde (SES-GO) informa que cada município precisa fazer sua parte e informar corretamente os dados referentes às vacinações que ocorrem em cada unidade de saúde.

A não divulgação prejudica Goiás no cômputo final diário de imunização, já que não revela a realidade da campanha em curso no país. Goiás já distribui mais de 1,2 milhão de vacinas.

A SES-GO divulgou planilhas e informativo, bem como nota, em que mostra o quantitativo de vacinas repassadas para as cidades goianas, além do número informado pelas entidades de saúde dos municípios. Alguns deles estariam com grande desatualização no banco de dados que é compartilhado com o Ministério da Saúde, responsável por revelar a lista de vacinação no país.

A maioria das cidades apresenta defasagem em duas modalidades de dados, já que não informa a efetiva vacinação e o número de vacinas mantidas em estoque.

Itapuranga, por exemplo, não teria utilizado ou não registrou 80% das doses. A cidade recebeu 4.020 vacinas e ainda não aplicou ou não registrou 3.201 doses.   

Aparecida de Goiânia também não utilizou ou não registrou 35,3 mil das 69,7 mil doses, fato que impacta negativamente Goiás na lista dos estados.

NOTA OFICIAL – Mais de 400 mil doses repassadas pelo Estado aos 246 municípios goianos não foram aplicadas ou registradas por eles no sistema do Ministério da Saúde

O atraso de alguns municípios goianos em preencher o cadastro de vacinação disponibilizado pela Secretaria Estadual de Saúde (SES-GO) tem comprometido a quantificação e divulgação do número real de imunizados.

Desta forma, os dados disponibilizadas pelo Ministério da Saúde e reproduzidos pela imprensa acabam não representando a realidade da vacinação no Estado de Goiás.

A Secretaria Estadual de Saúde informa que disponibiliza notificações com o número total de doses (D1 e D2) distribuídas, bem como o percentual de doses não utilizadas ou não registradas pelos municípios. Já foram distribuídas 1.031.380 doses aos 246 municípios, responsáveis pela aplicação e registro no sistema do Ministério da Saúde.

A SES-GO, portanto, tem realizado gestão transparente dos dados referentes aos casos de covid-19.  

O boletim com as notificações da SES-GO é público e está informatizado, o que facilita o processamento dos dados a partir dos sistemas do Ministério da Saúde (e-SUS VE e Sivep Gripe).

A SES informa que os responsáveis pelas notificações devem registrá-la e mantê-la atualizada nos sistemas oficiais de notificação. Desta forma, se cada município realizar a correta atualização, os dados serão democratizados e disponibilizados para a população de forma correta, conveniente e oportuna. A SES vai notificar os municípios que não atualizarem o número de doses aplicadas no sistema e podem receber menos doses nas próximas levas enquanto não identificar o que foi feito com essas doses.

Segue em anexo a distribuição por município e a quantidade de vacinas não aplicadas e não registradas por cada um deles. 406.665 das doses enviadas não estão registradas ou não foram aplicadas pelos municípios.

Governo de Goiás

Comentários