Coronavírus

Idoso morreu de Covid e teve o corpo trocado em hospital de Goiânia, diz filho

Caso foi registrado na Polícia Civil e família vai protocolar ação na Justiça para pedir exumação

diario da manha
Foto: Adriano Francisco\Arquivo pessoal

A família de um idoso de 89 anos, que morreu por complicações da Covid-19, denuncia que o corpo foi trocado no lugar de outro paciente em um hospital de Goiânia. Segundo o advogado da família, o idoso foi enterrado por outro familiar que eles não tem conhecimento.

Muito abalado com o ocorrido, o filho do idoso, Adriano Francisco dos Reis, 54 anos, relatou que foi informado pelo o hospital da morte do pai na tarde da última terça-feira (27), e logo em seguida, organizou o sepultamento.

No dia seguinte, ao chegar para fazer o reconhecimento, o corpo do pai dele já não estava no necrotério do hospital.

”A gente está entristecido por causa do ocorrido. É um problema pelo qual ninguém gostaria de passar após uma perda importante. É muito complicado para gente. Uma sensação de impotência. O hospital disse que foi uma falha”, disse o filho.

O advogado da família disse que o hospital informou que o corpo de Aniceto Francisco havia sido sepultado no dia anterior por outra família. Ele ainda informou que, até a tarde desta quinta-feira (29), não tinha conhecimento da identificação dos familiares que haviam enterrado Aniceto Francisco por engano.

O advogado disse também que o corpo do homem desta família estava no necrotério do hospital. O idoso estava internado há 9 dias na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do hospital.

A família informou que ele entrou com um quadro grave de pneumonia e, posteriormente, uma tomografia apontou para Covid-19.

O advogado informou ainda que está protocolando uma ação na Justiça na tarde desta quinta-feira (29) para pedir que seja feita uma exumação do corpo, para que a família tenha o direito de realizar o sepultamento.

A troca de corpos foi registrada na Polícia Civil.

*Com informações G1 Goiás

Comentários