Coronavírus

Gustavo Mendanha recebe alta após se recuperar da Covid-19

Após alta, Gustavo Mendanha poderá participar do sepultamento de seu pai, Léo Mendanha. O corpo sairá da Cidade Administrativa às 17h e o sepultamento será apenas entre os familiares por conta da pandemia

diario da manha
Prefeito de Aparecida de Goiânia, Gustavo Mendanha — Foto: Reprodução/Instagram

O prefeito de Aparecida de Goiânia, Gustavo Mendanha, que estava internado em decorrência da Covid-19, recebeu alta hospitalar na manhã desta quinta- feira (8) e poderá participar do sepultamento de seu pai, Léo Mendanha. O gestor, estava internado para tratamento da Covid-19 desde o dia 1º de abril. Ele testou negativo para a doença no dia 6.

A assessoria do prefeito informou que ele já está em casa com a família e que deve participar no final desta tarde, do cortejo do corpo do pai, Léo Mendanha, que morreu por causa da doença na noite da última terça-feira (6).

Gustavo testou positivo para a doença no dia 24 de março. Inicialmente, ele estava isolado em casa para se recuperar, porém o quadro de saúde do prefeito se agravou e ele foi internado no Hospital Santa Mônica, em Aparecida.  

No período que ficou internado, Gustavo chegou a fazer vidoechamadas com os filhos e também fez uma gravação onde relatou que passou por “dias difíceis” no hospital.

A esposa dele, a primeira-dama Mayara Mendanha também testou positivo para Covid-19, mas não precisou de internação. Além do casal, a doença também afetou os filhos Emanuel Mendanha, de 2 anos, e Luísa Mendanha, de 8, mas que já se recuperaram.  

A mãe do prefeito, Sônia Melo, de 61 anos, também testou positivo para a doença, mas segundo o prefeito, ela está bem e não precisou de internação.

O ex-deputado Léo Mendanha, pai de Gustavo testou positivo para a doença e foi hospitalizado no dia 17 de março, em Aparecida de Goiânia. O quadro de saúde dele se agravou e como Léo chegou a ter 90% dos pulmões comprometidos, decidiram transferi-lo para São Paulo no último dia 21.

Ele não resistiu e morreu na última terça-feira (6) no Hospital Albert Einstein, em São Paulo, aos 66 anos.

Envie fotos, vídeos, denúncias e reclamações para a equipe DM Online www.dm.jor.br pelo WhatsApp (62) 98322-6262 ou entre em contato pelo (62) 3267-1000.

Leia também:



Comentários