Coronavírus

Estudo alerta sobre a gravidade da covid-19 na gestação

Os números de óbitos fetais aumentaram 28% enquanto mulheres que morreram no parto ou na gravidez aumentaram principalmente no México e Índia

diario da manha
Foto: Reprodução

Um estudo alerta sobre a gravidade da covid-19 durante a gestação, ou gravidez, e mostra que houve um grande aumento nas taxas de mortalidade entre o feto e a mãe infectados com vírus. As pesquisas foram feitas entre Janeiro de 2020 e janeiro de 2021. Ao todo são 40 análises de estudos feitos em 17 países que mostraram resultados alarmantes durante o levantamento.

O estudo foi publicado no dia 31 de Março no periódico científico The Lancet Global Health, e faz um alerta a toda a comunidade, sociedade e junta médica e especificamente para o Brasil onde os índices de mortes por covid-19 seguem quebrando recordes. Desde o  início da Pandemia mais de 330 mil pessoas infectadas morreram, batendo assim o número de recordes  de contaminação dia após dia.

O estudo mostra que curiosamente não comentam ou se quer falam sobre  os riscos de uma gravidez durante este período de pandemia. Ou não tem uma orientação especifica para quem está grávida ou quem já está no período da idade fértil.

Os números de óbitos fetais aumentaram 28% enquanto mulheres que morreram no parto ou na gravidez aumentaram principalmente no México e Índia.

A Pesquisa

Países como Estados Unidos, Canadá, Itália, Turquia, Holanda, Reino Unido, Índia, China, Israel, Dinamarca, Hong Kong, Japão, Nepal, México, Irlanda, Botsuana participaram das pesquisas.

As pesquisas foram feitas através de estudos de caso-controle, estudos de coorte e relatórios em uma revisão sistemática e meta-análise de estudos sobre os efeitos da pandemia em resultados maternos, fetais e neonatais, de 1 de janeiro de 2020 a 8 de janeiro de 2021.

Pesquisadores da Turquia e Reino Unido fizeram o estudo para avaliar quais são os efeitos colaterais no parto e na gravidez durante a pandemia. Já na saúde mental a depressão pós-parto e ansiedade aumentou e se destacou mais isso está relacionado com a carência do sistema de saúde que é ineficiente de lidar com a pandemia nesta situação.

Cuidados que gestante deve durante a gestação com a Covid-19

O Dr Thomaz Gollop, que é professora e colaborador da Faculdade de Medicina de Jundiaí, no interior de São Paulo, indica o que uma gestante deve fazer durante esse período de pandemia.

“Toda mulher  gravida deve estar no isolamento ou seja em isolamento como também, evitar contato com pessoas que potencialmente podem estar com o vírus porém a mulher tem que ficar limitada em sua casa tendo o apoio da família. E no dia programado para se imunizar seja a vacina  de dose única ou de duas doses, é aconselhável que mesmo a mulher estando grávida ela tome a vacina sem medo pois todas as vacinas foram absolutamente testadas”, explica.

Quando se trata da questão da depressão pós-parto, Gollop pontua que a mulher tem nos termos de perspectivas, estar não apenas em isolamento, mas se alimentando bem e tomando dos os cuidados necessários. Mas, ele alerta que se ela estiver no começo da depressão, é importante procurar a ajuda psicológica, inclusive no lugar onde foi feito o pré-natal, para que o profissional possa estar lhe acompanhando.

“Agora já na situação atual de pandemia que estamos vivendo é aconselhável evitar engravidar no “período de covid”, é usar o método anticoncepcional, se não puder usar pode fazer o uso de “dispositivo intro uterino” (diu) sua eficácia  é superior a de 99% impedindo assim a mulher de engravidar”.

O médico alerta ainda sobre a importância de estar com o pré-natal em dia, mesmo durante o período de pandemia, para evitar qualquer complicação na hora do parto.

“Alertar as gestantes sobre a importância de realizar os exames pré-natais, mesmo durante a pandemia, seguir as orientações médicas e procurar atendimento em caso de dúvidas ou de qualquer intercorrência poderia ter evitado o aumento destes números, que já são muito
altos no Brasil”, aponta o especialista.

Leia também:

Comentários