Coronavírus

Johnson diz não ter problemas no momento com oferta de vacinas no Reino Unido

"Estou confiante de que poderemos cumprir nossas metas" na vacinação, comentou, durante sessão do Parlamento na qual apresentou o plano de seu governo para uma reabertura gradual da economia

diario da manha
Foto: Reprodução
Por Gabriel Bueno da Costa

O primeiro-ministro do Reino Unido, Boris Johnson, afirmou nesta segunda-feira, 22, que o país “não tem problemas no momento” com a oferta de vacinas contra a covid-19. “Estou confiante de que poderemos cumprir nossas metas” na vacinação, comentou, durante sessão do Parlamento na qual apresentou o plano de seu governo para uma reabertura gradual da economia.

Johnson também comentou que há diálogo em andamento com as farmacêuticas para a fabricação de atualizações das vacinas, a fim de combater novas variantes do vírus.

O premiê previu que essas novas versões do imunizante devem surgir “nos próximos meses”.

Doença bastante presente ainda

O premiê do Reino Unido pediu que os britânicos não baixem a guarda, diante da pandemia da covid-19. Ao apresentar no Parlamento diretrizes para a retomada gradual das atividades, Johnson ressaltou que o problema continua grave.

“O vírus continua muito presente no país, temos de trabalhar para controlá-lo”, advertiu o primeiro-ministro.

Comentários