Coronavírus

Coronavac chega à São Paulo

A revista científica Lancet, publicou na ultima terça-feira (17), que a coronavac é segura e tem capacidade de produzir resposta imune 28 dias após sua aplicação em 97% dos casos.

diario da manha
Foto: Reprodução

Na manhã desta quinta-feira (19), o primeiro lote de doses da vacina da Coronavac, imunizante contra covid-19, chegou em São Paulo. As 120 mil doses da Coronavac ainda precisam de autorização da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), a vacina foi desenvolvida pela farmacêutica chinesa Sinovac em parceria com o Instituto Butantã.

As vacinas estão na fase 3 de testes clínicos, serão feitas etapas para medir a eficácia dela. E se ela tiver um resultado positivo, a vacina poderá obter autorização de uso em todo Brasil.

Vacina Coronavac é uma parceria do Instituto Butantã com a chinesa Sinovac e está em fase de testes em humanos no Brasil 

O governador João Doria do (PSDB), foi ao aeroporto de Guarulhos (SP), para receber as vacinas com o presidente do Instituto Butantã, Dimas Covas, e o secretário estadual de Saúde Jean Gorinchteyn. Segundo Jean, “Esse é o momento mais próximo que temos de voltar ao nosso normal”.

A revista científica Lancet, publicou na ultima terça-feira (17), que a coronavac é segura e tem capacidade de produzir resposta imune 28 dias após sua aplicação em 97% dos casos.

A vacina esta em fase final, e estão trabalhando nela 13 mil profissionais de saúde em 16 centros de pesquisa de São Paulo, Paraná, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul e Distrito Federal, Rio de Janeiro, Minas Gerais.

*Com informações do Terra

Comentários