Coronavírus

Engenheiro faz live para pacientes internados com Covid-19

Projeto é iniciativa de uma organização social e conta com a parceria do engenheiro Hercílio Ramos Júnior

diario da manha
Foto: Reprodução - Arquivo pessoal/Hercílio Ramos Júnior

Pensando nos pacientes que estão internados por conta da Covid-19, uma organização social teve a iniciativa de ajudar as pessoas que não podem receber visitas durante o tratamento.

Então resolveram criar um projeto de live musical em hospitais do interior de Goiás, juntamente com engenheiro Hercílio Ramos Júnior, que, há dois meses, passou a dedicar parte do seu tempo e fazer a diferença na vida dos pacientes.

“Eu fiz música, em paralelo a engenharia, e há muitos anos eu estudei bastante sobre a correlação da música com as pessoas. É comprovada a eficácia da música na melhora das pessoas. Com a live, conseguimos levar, através de alguns aparelhos, via canais de redes sociais, a gente leva todo esse conteúdo para a televisão dentro do quarto do paciente, onde ele não pode receber visitas”, explica.

Projeto

O projeto chama “Amor Cantando” é uma iniciativa do Instituto de Medicina, Estudos e Desenvolvimento (IMED).

A live acontece todas às quartas-feiras, às 15h com Hercílio Ramos e é transmitida aos pacientes do Hospital de Urgências de Trindade (Hutrin) e do Hospital Regional de Luziânia (HRL).

“O que é mais interessante, além do fato da musica fazer bem, de acelerar a recuperação do paciente, a gente utiliza isso como um canal de comunicação. Por exemplo, teve uma pessoa que saiu da UTI e pediu uma musica do Roberto Carlos na sequência. A gente homenageia aniversariantes. Eles pedem música, e eu pego com antecedência, e homenageio essas pessoas e isso eleva a estima da pessoa de uma forma significativa”, relata o engenheiro .

Hercílio lembra ainda que a música ajuda não só os pacientes, mas também os profissionais da linha de frente.

*Com informações do G1

Comentários