Coronavírus

OMS: óbitos por Covid-19 podem duplicar enquanto aguarda vacina

Diretor da agência, Michael Ryan, exigiu ação dos governos e lastimou que, em 9 meses, a doença tenha vitimado 1 milhão de pessoas

diario da manha

Conforme monitoramento diário da Universidade Johns Kopkins, dos Estados Unidos, a pandemia da Covid-19 já causou em torno de 984 mil mortes, em todo o mundo e mais de 32 milhões de pessoas foram infectadas pela doença.

O diretor de emergência da Organização Mundial da Saúde (OMS), Michael Ryan, advertiu, nesta sexta-feira (25), que o número de vítimas da doença pode duplicar, alcançando o patamar de 2 milhões de óbitos, antes que uma vacina esteja disponível para a população. Segundo ele, apenas uma resposta global eficaz pode impedir a transmissão do novo coronavírus.

“Ao menos que tenhamos uma ação conjunta e responsável, os dois milhões de mortes não são apenas possíveis, mas, infelizmente, muito prováveis”, lamentou Ryan, ao responder uma pergunta, durante uma coletiva de imprensa.

De acordo com o site Metrópoles, ele recordou que, no começo da pandemia, há nove meses, ninguém imaginava que o coronavírus causasse a morte de 1 milhão de pessoas. “E a vacina contra a Covid-19 pode demorar mais nove meses”, sustentou Ryan.

Comentários