Coronavírus

Dois pacientes recebem alta do Hospital de Itumbiara

Durante o período de internação, eles precisaram ser encaminhados para Unidade de Terapia Intensiva (UTI)

diario da manha

Sentimentos de alegria, emoção e esperança tomaram conta do Hospital Regional de Itumbiara São Marcos nessa quarta-feira, 2. Dois pacientes se recuperaram da Covid-19 e receberam alta hospitalar. Agora, eles continuam a fase final da recuperação em casa.

A saída dos pacientes foi comemorada com aplausos e muita comoção de familiares e da equipe de saúde que os acolheu. Os recuperados também não esconderam a felicidade em vencer a batalha contra o coronavírus. “Eu venci a Covid-19”, carregavam em um certificado confeccionado pelo hospital.

Wesley Ferreira de Alcantara, de 37 anos, deu entrada no Hospital Regional de Itumbiara São Marcos no dia 28 de agosto com sintomas de quadro clínico da Covid-19. Foi encaminhado para a Unidade de Terapia Intensiva, onde permaneceu por dois dias. Após melhora do quadro, ele foi para enfermaria.

José Mendes de Souza, de 70 anos, chegou a unidade de saúde no dia 12 de agosto com sintomas do novo coronavírus. Ele foi encaminhado para Unidade de Terapia Intensiva, onde permaneceu por 15 dias. Ao deixar o hospital seu José agradeceu a equipe de saúde. “Quero agradecer aos médicos e aquela pessoinha que sempre limpa o piso, pois é muito gratificante e não pode ficar de fora. Quero desejar que Deus abençoe todos vocês, vocês vão estar presentes em todas as minhas orações”, falou.

A recuperação de cada paciente emociona também a equipe do hospital. “Todos colaboradores sentem uma alegria enorme, um sentimento de que todo o esforço diário de toda a equipe vale a pena. Isso é muito gratificante. É para isso que estamos aqui, para salvar vidas. E o mérito é de toda a equipe, de todos os profissionais”, revela Karine Araújo, coordenadora multiprofissional da unidade.

Karine ressalta que ser um profissional de saúde que trabalha diretamente no enfrentamento da Covid-19 é, sem dúvida, uma tarefa muito difícil, mas também de grande responsabilidade e importância. “Quando vemos um paciente recebendo alta, emocionado ao reencontrar a família na porta do hospital. A família emocionada em ver aquele paciente saindo bem do hospital emociona toda a equipe. Faz-nos ter certeza do porque estamos aqui, do quanto todo o esforço vale a pena. Sem dúvida, isso dá ânimo e força para toda a equipe”, explica.

Os 20 pacientes se recuperaram e entraram para estática dos mais de 128 mil pacientes recuperados da Covid-19 em Goiás.

Comentários