Coronavírus

TJ de Goiás derruba liminar e Goiânia segue em quarentena

diario da manha

O presidente do Tribunal de Justiça do Estado de Goiás, Walter Carlos Lemes, cassou a decisão liminar da juíza Jussara Louza, que permitia a abertura do comércio em Goiânia.

Com a decisão, prolatada à meia noite, após pedido do Ministério Público do Estado de Goiás passa a valer novamente o decreto assinado pelo prefeito Iris Rezende, que se alinha ao decreto estadual.

Em seu pedido, o MP-GO alega que o direito à vida é indisponível, caracterizando um direito maior do que o “comerciar”.

A própria magistrada Jussara Louza reconheceu em sua decisão a precariedade da liminar, já que é notório o choque de direitos da coletividade com o individual e de setor, no caso o empresarial.

Comentários