Coronavírus

Kits para detecção da Covid-19 foram entregues incompletos

Além disso, o país alcançou 20% da capacidade de exames que deveriam ser realizados durante o pico do novo coronavírus

diario da manha

O governo federal tem feito a entrega de kits incompletos para detecção da Covid-19 sem um dos reagentes essenciais, segundo Secretarias de Saúde informaram ao Estadão, dentre elas as de Goiás e Paraná. Além disso, o país alcançou 20% da capacidade de exames que deveriam ser realizados durante o pico do novo coronavírus, conforme a reportagem.

De acordo com a publicação, a dificuldade para aumentar a quantidade de testes se deve a ausência de um insumo. Ele é utilizado na primeira etapa do desenvolvimento da amostra. Nesse processo é feita a retirada do RNA do vírus.

Conforme os Estados disseram ao jornal, o Ministério da Saúde tem mandado os reagentes para as fases posteriores do teste, como o de amplificação de DNA, para futura detecção da doença. Por sua vez, o ministério apontou à matéria que já iniciou a compra de 15 milhões de unidades do reagente que está em falta. Segundo a pasta, a culpa é da escassez global de insumos.

A matéria acrescenta ainda que o ministério ampliou o número de testagens diárias. Apesar de não ter atingido a meta de 70 mil testes por dia o órgão, em seu boletim epidemiológico, aponta que o volume de exames realizados diariamente em junho, 14.567, aumentou se comparado com o que foi desenvolvido em março, 1.688.

Comentários