Coronavírus

Pandemia está longe de terminar, alerta OMS

Declaração foi feita pelo diretor-geral da Organização Mundial da Saúde (OMS), Tedros Adhanom Ghebreyesus, um dia após o mundo ultrapassar a marca de 10 milhões de casos confirmados de Covid-19 e 500 mil mortes em decorrência da doença

diario da manha
Diretor-Geral da Organização Mundial da Saúde (OMS), Tedros Adhanom, Foto: Salvatore Di Nolfi/Keystone/AP

Durante coletiva de imprensa nesta segunda-feira (29) o diretor-geral da Organização Mundial da Saúde (OMS), Tedros Adhanom Ghebreyesus, afirmou que a pandemia do novo coronavírus está longe de terminar. Além disso, ele também alertou que o pior momento ainda está por vir.

A fala do representante da organização foi feita um dia após o mundo ultrapassar a marca de 10 milhões de casos confirmados de Covid-19 e 500 mil mortes em decorrência da doença, conforme os dados da Universidade Johns Hopkins. As informações são da agência ANSA e foram publicadas pela revista IstoÉ.

“Todos nós queremos que isso acabe. Todos queremos continuar com nossas vidas. Mas a dura realidade é que isso não está nem perto de acabar”, enfatizou Ghebreyesus. Ele também ressaltou que “embora muitos países tenham feito algum progresso globalmente, a pandemia está na verdade acelerando”. 

O diretor-geral também considerou que “a maioria das pessoas permanece suscetível”. Isso porque “o vírus ainda tem muito espaço para se movimentar”, acrescentou.

No entanto, o chefe do programa de emergências da OMS, Mike Ryan, destacou o progresso na busca por uma vacina segura e eficaz contra o novo coronavírus. Apesar disso, argumentou que, até o momento, não existe garantias do sucesso do medicamento. 

Comentários