Coronavírus

Distanciamento será monitorado por câmeras no Rio

Sistema de Companhia de Engenharia de Tráfego (CET-Rio) vai analisar a aglomeração de pessoas com 489 câmeras

diario da manha
Foto: Divulgação/Prefeitura do Rio

Começa a operar na quarta-feira (13) o sistema de Companhia de Engenharia de Tráfego (CET-Rio) para verificar o distanciamento entre as pessoas na cidade do Rio de Janeiro. As informações são da Agência Brasil, foram divulgadas pela Prefeitura hoje (12) e repercutidas pela revista IstoÉ.

A ferramenta vai analisar a aglomeração de pessoas com 489 câmeras. Elas vão alimentar um programa detector, que irá identificar os grupos de pessoas muito próximas, segundo a matéria.

A CET-Rio informou, como publicado na revista IstoÉ, que conforme a distanciamento entre as pessoas, o software dispara luzes na tela do sistema, indicando o risco que aquela distância representa.

A IstoÉ publicou a fala da Cet-Rio sobre o programa. “A luz verde, indica baixo risco, e acende onde há uma distância mínima de 1,5 metro (m) entre as pessoas; luz laranja, risco médio, para uma distância entre 1,5m e 0,75m e a luz vermelha, que representa alto risco, alerta quando há pessoas com uma distância abaixo de 0,75m entre si”.

Conforme a companhia informou à publicação, o Disk-Aglomeração da Secretaria de Ordem Pública (Seop) será acionado quando a luz vermelha dor registrada. Fiscais serão enviados ao local para dispersar o grupo.

Comentários