Coronavírus

América do Sul é o novo epicentro do Covid-19

A América do Sul é considerada o novo epicentro da PANDEMIA pelo coronavírus Sars-CoV-2, OMS não recomenda uso amplo de cloroquina

diario da manha
Foto: Reprodução

Em coletiva de imprensa nesta sexta-feira (22), a Organização Mundial da Saúde ( OMS), declarou que a América do Sul é considerada como o”novo epicentro” da pandemia pelo novo coronavírus Covid-19 no mundo e que o Brasil é o país mais afetado.

A entidade ainda ressaltou que não recomenda o uso da cloroquina em ampla escala, como indicado pelo governo do presidente Jair Bolsonaro (Sem partido).

De acordo com Michael Ryan, diretor de emergência da OMS, São Paulo, Rio de Janeiro, Amazonas e Pernambuco estão entre os locais mais atingidos. Para Ryan, porém, o estado do Amazonas tem o maior índice. O informe diário da OMS sobre a situação da Covid-19, publicado na manhã desta sexta-feira, aponta que o Brasil representa um quarto das mortes registradas no mundo num período de 24 horas.

Número de mortos por covid-19 nas últimas 24 nos Estados Unidos é maior do que no Brasil

A entidade informa que 4,4 mil casos fatais foram registrados no período avaliado em todo o mundo. No Brasil, os dados mostram 1.179 óbitos.

Essas pessoas não morreram nas últimas 24 horas. Mas tiveram seus casos confirmados neste período, nos EUA, foram 932 casos. Os dados no entanto estão defasados. A Informação se refere à manhã do dia 21 de maio. Mais recentemente, os dados americanos apontam para 1,5 mil mortos, o que iria superar o caso brasileiro.

Se forem considerados os dados nacionais mais recentes, o Brasil soma mais de 20 mil mortes, uma marca que apenas seis países no mundo atingiram.

Comentários