Coronavírus

Medida que deixa casas sem água à noite em SP é mantida por Sabesp

Segundo especialistas, a medida deve ser revista no período da pandemia do novo coronavírus.

diario da manha
Foto: Leonardo Benassatto / Futura Press

O site Terra divulgou nesta quarta-feira (1) relatos de alguns moradores de São Paulo que enfrentam o desabastecimento entre 22h e 6h. Conforme a publicação, as reclamações sobre falta de água são frequentes entre as pessoas que vivem em áreas mais altas de bairros das zonas norte, sul, leste e oeste.

O portal reuniu exemplos do que os habitantes precisam fazer para reservar água quando ela está disponível, como encher baldes e bacias. Isso ocorre pela redução de pressão realizada pela Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo (Sabesp) e da falta de caixa d’água, de acordo com o Terra.

Segundo especialistas, a medida deve ser revista no período da pandemia do novo coronavírus. Isso porque lavar as mãos com água corrente e sabão, com frequência, é uma das medidas de combate à Covid-19, recomendadas pela Organização Mundial da Saúde (OMS) e Ministério da Saúde.

Comentários