Coronavírus

Durante videoconferência Rodrigo Maia diz que Bolsonaro não tem coragem de demitir Mandetta

Demissão mudaria política de enfrentamento ao novo coronavírus, conforme Maia

diario da manha
Deputado federal e presidente da Câmara dos Deputados - Foto: Instagram @RodrigoMaiaRJ

O jornal Folha de São Paulo divulgou uma declaração do deputado federal e presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), feita nesta sexta-feira (3), durante uma videoconferência. Segundo ele, o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) não tem coragem de demitir o ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta. A transmissão foi promovida pelo jornal Valor Econômico com o banco Itaú.

A publicação mostra que para o presidente da Câmara, quando vem a público criticar o ministro, Bolsonaro mais atrapalha do que ajuda. Conforme Maia, Mandetta tem tido “paciência e todo equilíbrio” para continuar mantendo a mesma posição do Ministério, sem ceder às pressões do chefe do Executivo.

Além disso, a matéria aponta ainda que se Bolsonaro trocar Mandetta, mudaria a política de enfrentamento contra a pandemia do novo coronavírus, desenvolvida pelo Ministério da Saúde. De acordo com o jornal, na quinta-feira (2), Jair Bolsonaro disse que falta humildade ao ministro e que ele deveria ouvir mais o presidente do Brasil.

O estranhamento entre o presidente e o ministro começou junto com a crise. Enquanto Mandetta defende medidas de isolamento social para contenção do avanço da Covid-19, como fechamento de estabelecimentos comerciais para evitar aglomerações, Bolsonaro critica esse discurso. Os governadores também têm apoiado ações para não proliferar a doença.

Comentários