Coronavírus

Pacientes com Covid-19 são internados na UTI em andar isolado

Hospital possui cinco pacientes que vieram de viagens na Europa. Entre eles, uma médica respira com ajuda de aparelhos

diario da manha

Uma pediatra se encontra internada em estado grave na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital do Coração, em Goiânia, e hospital tem andar isolado. Ela foi diagnosticada com coronavírus ao voltar de um cruzeiro na Itália. De acordo com o médico do hospital, a paciente está internada há mais de uma semana e respira com ajuda de aparelhos.

Segundo o médico, outros quatro pacientes, que também vieram de viagens na Europa, permanecem em quartos instalados em um andar isolado dos outros e são acompanhadas por equipe médica com dedicação exclusiva.

O registro de pacientes infectados no hospital, tem a mesma proporção do mundo, segundo o médico.”Temos a média de 60% a 70% de mulheres e de 30% a 40% de homens”, alegou.

De acordo com o médico, os internados no hospital apresentaram inflamação generalizada nos dois pulmões após tomografia e o aspecto radiográfico é muito grave. “O paciente não consegue ter alta”, explica o médico.

O tratamento segue com cloroquina e azitromicina – medicamentos usados em casos de malária, usado no mundo. O médico esclarece que, da mesma forma que foi lançada nos Estados Unidos e no mundo, esses medicamentos são usados nos pacientes que têm piora clínica e nos que sentem muita falta de ar. São usados como rotina.

Segundo o profissional, a internação tem prazo médio de 7 a 10 dias, mas depende da evolução clínica de cada paciente.

Os testes de coronavírus são realizados pelo hospital em laboratório próprio, de acordo com o médico. Em até sete dias os resultados ficam prontos.

Segundo o balanço do Ministério da Saúde, o total de casos confirmados de coronavírus em Goiás subiu para 23 na última segunda-feira.

*Com informações do G1

Comentários