Cidades

Deputados federais goianos também são alvos de protesto em Goiânia

Em Goiânia, manifestantes se reúnem na manhã deste sábado (19) na Praça Cívica, no setor Central, para protestos contra o presidente Jair Bolsonaro

diario da manha
Foto: Reprodução

Na manhã deste sábado (19) mais de 400 cidades fazem protestos em manifestações contra o governo federal em todo país. A organização das manifestações do #19J reforça a necessidade de respeito às medidas de prevenção contra a pandemia da covid-19. 

Em Goiânia, o Fórum Goiano em Defesa dos Direitos da Democracia e da Soberania, exibe banners que denunciam a posição de parlamentares goianos no Congresso Nacional sobre a Reforma Administrativa.

Nas faixas seguradas por protestantes, eles mencionam deputados que seriam a favor ao projeto do governo federal. ” A gente entende que a maioria dos nossos deputados e senadores tem, sucessivamente, votado contra o interesse dos trabalhadores”, explica o presidente do Sindicato dos Trabalhadores do Serviço Público Federal no Estado de Goiás, Ademar de Sousa.

MACHISMO NO AUTOMOBILISMO

Ainda segundo Ademar, a reforma administrativa proposta não condiz com as políticas públicas e sociais conquistadas pelos trabalhadores por meio da Constituição Federal de 1988.

Em Goiânia, manifestantes se reúnem na manhã deste sábado (19) na Praça Cívica, no setor Central, para protestos contra o presidente Jair Bolsonaro, com foco nas políticas durante o período da pandemia da Covid-19.

Além de Goiânia, várias cidades do estado também estão em atos contra o governo federal. Como Anápolis, Aurilândia, Catalão, Ceres, Cidade de Goiás, Formosa, Itapirapuã, Jataí, Pirenópolis, Porangatu e São Luís de Montes Belos.

Manifestantes em Anápolis . (Foto: Reprodução)

Comentários