Cidades

Goiás registra mais de 600 mil contaminados pela Covid-19, diz governo

No total, foram 171 mortes registradas nas últimas 24h e mais 2.514 registros de novos casos

diario da manha
Foto: Divulgação

O estado de Goiás já contabilizou mais de 600 mil pessoas contaminadas pela a Covid-19 desde o início da pandemia, segundo o boletim do governo estadual desta quarta-feira (26). Os dados ainda mostram que 16.830 pessoas perderam por conta do coronavírus.

No total, foram 171 mortes registradas nas últimas 24h e mais 2.514 registros de novos casos. Houve também aumento na taxa de ocupação nos leitos de UTI para pacientes com Covid-19, atingindo 86% na última segunda-feira (24), segundo dados do governo. Número 10% maior do que o registrado há oito dias, quando estava em 76%. Nesta quarta-feira (26), a porcentagem está em 84%.

Marcelo Daher, infectologista, disse que o aumento no número de internações é reflexo da flexibilização das medidas de distanciamento social.

MACHISMO NO AUTOMOBILISMO

”Não é hora para aglomeração. A gente não tem vacina para todo mundo. Se a gente não tem uma cobertura vacinal, a gente não pode liberar tudo. Precisamos ter restrição. Ainda é um momento de atenção”, disse.

A faixa etária com mais mortos pela doença é a de 60 a 69 anos, com 4.104 óbitos. Em seguida, vem os idosos de 70 a 79 anos: 3.967 mortes. Dos números de contaminados, os adultos de 30 a 39 anos são os mais acometidos pela doença e somam 138.493 casos. Seguidos pelos jovens de 20 a 29 anos, com 120.294 pessoas infectadas.

Aumento de internações

As internações nos hospitais vem aumentando devido o desrespeito ao isolamento social. No último fim de semana por exemplo, na cidade de Pirenópolis, na rua do Lazer, ficou lotada de pessoas.

Durante o final de semana, a prefeitura de Aparecida de Goiânia, região Metropolitana da Capital, multou 186 pessoas pelo não uso de máscara de proteção facial. Os autuados tiveram de pagar R$ 111, cada um, pelo descumprimento da regra.

Durante o fim de semana, uma chácara de Formosa foi interditada e o dono do local teve de pagar uma multa de R$ 10 mil por promover uma festa clandestina com som automotivo e aglomeração.

Comentários